Formatura

Geração TEC forma mais uma turma em Florianópolis

O Geração TEC, programa que visa capacitar profissionais em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) realizado pelo Governo do Estado, através da Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), entregou, nesta quinta-feira (3), diploma de conclusão de curso para mais uma turma de Florianópolis. Falando em nome do governador Raimundo Colombo, o titular da SDS, Paulo Bornhausen, ressaltou a importância da qualificação. “Mais que profissionais prontos para o mercado, os 54 alunos que receberam o diploma são, agora, agentes do desenvolvimento de Santa Catarina e da nova economia catarinense”, disse.

Durante a formatura, o presidente da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia  (Acate), Rui Gonçalves, fez a entrega do mapeamento de recursos humanos do setor de TIC catarinense, realizado para o Geração TEC. A Acate é parceira do Governo no programa, assim como a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), e o mapeamento vai permitir que se conheça a demanda por especialistas da área e as novas profissões do setor.

Paulo Bornhausen falou sobre o plano de Governo a cargo da SDS, o SC@2022, e destacou o papel fundamental dos formandos na sua realização. “Vocês são parte essencial para o sucesso desse plano. O Geração TEC alcança tanto o Nova Economia@SC, como o Inovação@SC e o Educação TEC@SC, o que faz dele um projeto especial”, ponderou Bornhausen aos formandos, citando três programas do SC@2022, que é composto ainda pelo Meio Ambiente Legal@SC.

O presidente da Fapesc, Sérgio Gargioni, disse que o programa vai atingir a meta deste ano, de formar mil profissionais em todo Estado, antes da data. “O melhor investimento que o Governo pode fazer é em formação, é na educação de jovens, para a vida e para o trabalho. E é isso que o Geração TEC faz”, proferiu ao ressaltar o caráter educacional. Rui Gonçalves, da Acate, foi na mesma direção, ao afirmar que com a capacitação intelectual pode mudar a história do país. “Capacitar pessoas é melhor do que dar incentivos fiscais, do que construir estradas”, relatou.

Falando em nome dos alunos o formando Roulien Paiva Vieira contou que, ainda durante o curso, por diversas vezes empresários visitaram a sala de aula, demonstrando interesse em levar estudantes para trabalhar em suas empresas. Ele próprio já estava empregado mesmo antes de terminar o curso. “Fui convidado pela Apimec-Sul de Santa Catarina para participar, como analista júnior, em um projeto de educação à distância para todo o Brasil”, expôs. O secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável finalizou seu discurso chamando os empresários para participarem ainda mais ativamente do Geração TEC, levando para suas companhias os profissionais que estão sendo formados. “Afinal, esse programa foi criado para preencher as vagas que vocês mesmo apontam ter”, enfatizou.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.