DSC00905_ed

Geração TEC reúne representantes do setor tecnológico para alinhar programa ao mercado

A coordenação do Programa Geração TEC reuniu nesta terça-feira (16.02) integrantes de entidades do setor tecnológico da Grande Florianópolis para o Workshop de avaliação, mapeamento de vagas e perspectivas do programa, no ParqTec Alfa, bairro João Paulo, em Florianópolis. Participaram as instituições Senac, Univali, Fapesc, Instituto I3, Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate), Rede Catarinense de Inovação (Recepeti) e o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação de Florianópolis, José Henrique Domingos Carneiro.

O encontro abriu uma rodada de apresentações sobre o Geração TEC que são realizadas ao longo desta semana em todas as regiões catarinenses. O objetivo das reuniões é discutir aspectos relevantes do programa em cada regional, mas sob a ótica das empresas, instituições executoras e parceiros institucionais.

As sugestões colhidas serão entregues pelo Instituto Internacional de Inovação (I3) e a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) para a Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), a fim de estreitar a relação entre as atividades do Geração TEC e as demandas do mercado de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

“Como evolução, precisamos considerar que as TICs tornaram-se transversais para outros ramos. Empresas sem o foco em TI precisam de profissionais para redes sociais, e-commerce, programação. Essas qualificações têm alto custo e vêm ao encontro do perfil do programa. Do ponto de vista empreendedor, muitas startups existentes partiram do curso Formação de MEI do Geração TEC. Precisamos atender aos novos empreendedores”, avalia Norberto Dias, presidente do I3.

 

Regiões dimensionam potencial em TICs

Nos encontros pelo Estado, representantes dos 13 Centros de Inovação, em fase de implantação pela SDS, também irão participar das discussões junto a empresas e entidades ligadas à tecnologia e à inovação. Os grupos deverão levantar particularidades regionais, dimensionar o setor de TIC nas cidades do entorno, apresentar cases de sucesso resultantes do programa e sugerir melhorias, como sugeriu na etapa de Florianópolis o presidente da Recepeti, Rui Luiz Gonçalves.

“O Geração TEC pode fomentar a cadeia do setor de TI em SC e atrair novos clientes, a partir da formação de profissionais que conheçam as soluções emergentes e as consagradas produzidas em SC. Cursos de curta duração são um ponto de partida, colaboram com o ecossistema de inovação existente e despertam nos jovens o desejo de empreender ou iniciar uma carreira”, ressaltou.

O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação de Florianópolis, José Henrique Domingos Carneiro divulgou informações sobre projetos em andamento para apoio ao setor. “A Câmara de Vereadores estuda o Alvará condicionado, mais ágil para atividades em edificações e que não envolvam riscos. Também está em redação o texto do Fundo Municipal de Inovação. Essas são parte das iniciativas para viabilizar a produção de tecnologia e inovação. Estudamos, ainda, ferramentas para melhorar o monitoramento e acompanhar a performance das empresas, gerando dados estatísticos”, declarou Carneiro.

 

O Programa Geração TEC

O Programa Geração TEC é uma parceria da Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável de Santa Catarina (SDS) com entidades do setor de TIC, I3 e Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC). Desde 2011, os cursos do programa formaram número igual a 30% do total de profissionais da TI catarinense. São 6.048 egressos em cursos de formação profissional e gestão empresarial em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

 

Centros de Inovação de Santa Catarina

 

Os Centros de Inovação do Estado estão sendo implantados sob a gestão da Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável de Santa Catarina (SDS) para valorizar a cultura inovadora e o empreendedorismo em 13 polos catarinenses. As unidades contarão com estruturas e serviços como incubadoras, aceleradoras, laboratórios, orientação para empreendedores, centros de treinamento e espaços de convivência. Os polos são: Joaçaba, Lages, Jaraguá do Sul, Chapecó, Itajaí, São Bento do Sul, Tubarão, Blumenau, Brusque, Rio do Sul, Criciúma, Florianópolis e Joinville.

 

Agenda do Workshop de avaliação, mapeamento de vagas e perspectivas do Programa Geração TEC

16 de fevereiro de 2016

Às 19h

Auditório do INOVA@SC – Rodovia SC 401, 600, Edifício INOVA@SC, João Paulo

Florianópolis/SC

 

17 de fevereiro de 2016

Às 14h

SENAI –  Av. Marcolino Martins Cabral, 184, Auditório, Centro

Tubarão/SC

 

Às 14h

Auditório do ITEFETEP

Rua Luiz Fernando Hastreiter, 320, Centenário,

São Bento do Sul/SC

 

Às 19h

Centro Empresarial de Jaraguá do Sul – CEJAS

Rua Octaviano Lombardi,100, Czerniewicz,

Jaraguá do Sul/SC

 

Às 19h

Associação Empresarial de Lages – ACIL

Av. Belizário Ramos, 2276, Sala de Treinamento 1, Centro

Lages/SC

 

Às 19h

UNOCHAPECÓ – Auditório G – Bloco G

Av. Senador Atílio Fontana, 591-E, EFAPI

Chapecó/SC

 

Às 19h

Acic – Associação Empresarial de Criciúma

Rua Ernesto Bianchini Góes, 91, sala 102, bloco D, Próspera

Criciúma/SC

 

Às 19h

FURB – Bloco M, sala M008, Rua Antônio da Veiga, 140, Itoupava Seca

Blumenau/SC

 

18 de fevereiro de 2016

Às 14h

NIT – Núcleo de Inovação Tecnológica Unoesc – Campus I – Bloco I – Sala de Treinamento – Rua Getúlio Vargas 2125 – Sub solo

Joaçaba/SC

 

Às 14h

Instituto Federal Catarinense (IFC) – Unidade Urbana

Rua Abraham Lincoln, 210, Bairro Jardim América

Rio do Sul/SC

 

Às 14h

Auditório Bloco C – Centro Universitário de Brusque – UNIFEBE

Rua Dorval Luz, 123, Santa Terezinha

Brusque/SC

 

Às 19h

Auditório da SOFTVILLE – Rua Otto Boehm , 48, América

Joinville/SC

 

Às 19h

Auditório do Centro de Vivências da UNIVALI, 2° andar

Rua Uruguai, 458, Centro

Itajaí/SC