gtec_stgtec

Governador entrega certificados a alunos do Geração TEC em Lages

O governador Raimundo Colombo entregou na sexta-feira, dia 1º, o certificados de conclusão de curso aos primeiros 37 formandos do programa Geração TEC da região serrana. A cerimônia foi na Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), em Lages. O programa foi criado pelo Governo do Estado, por meio da secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável, para capacitar pessoas que desejam trabalhar no setor de Tecnologia da Informação (TI). “O Geração TEC é uma grande oportunidade que as pessoas têm de se qualificar para atuar em uma das áreas que mais gera postos de trabalho no Brasil”, afirmou Colombo.

O governador, ao parabenizar os formandos, disse que sem eles “não haveria o Geração TEC”. “O Governo faz programas, projetos, mas, se não houver interesse de quem será beneficiado por essas ações, elas de nada adiantam. Por isso, o mérito desta noite é todo de vocês”, destacou.

As aulas aconteceram na Uniplac e no Senac, durante três meses. A Fundação Catarinense de Amparo a Pesquisa (Fapesc) subsidiou os custos. Para o secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Paulo Bornhausen, a qualificação profissional representa um grande investimento. “O Governo vem tratando a geração de emprego como prioridade, e o programa qualifica pessoas para atuarem em uma área cuja demanda só aumenta.”

Antes do início do curso, a Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate) mapeou as principais necessidades de mão de obra das companhias especializadas em TI que atuam no Estado. O objetivo foi direcionar os cursos de acordo com as especificidades de cada região.

Na Serra, a operacionalização dos sistemas JAVA, PHP e .Net foi descrita pelos empresários como a maior carência, de modo que o programa Geração TEC foi direcionado para tal. Durante três meses, os 37 alunos aprenderam os fundamentos dos três sistemas vislumbrando uma vaga no mercado da região, que agrega mais de 60 empresas.

O orador da turma, Luis Fernando Zanguellini, 30 anos, já trabalha com Tecnologia da Informação há algum tempo, e fez o curso buscando aperfeiçoar-se. Ele diz que os novos profissionais irão impulsionar o setor na região. “As empresas estão sempre procurando profissionais qualificados, pois as funções exigem conhecimento técnico. O pessoal está bastante motivado, e as oportunidades irão aparecer. “

De acordo com secretário Bornhausen, o Geração TEC, que faz parte do Plano SC@2022, é mais instrumento do trabalho de fazer de Santa Catarina um estado líder em produtividade. “Estamos criando referências que identificarão o nosso estado no cenário nacional e internacional. Quando perguntarem o que é Santa Catarina, nós vamos dizer: ‘é onde a inovação permeia a atividade econômica’, afirmou. Bornhausen lembrou também os alunos do Geração TEC que eles, a partir de agora, eles “têm a responsabilidade de tornar essas referências concretas”.

Com informação da Secretária de Comunicação

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.