O programa tem como base um mapeamento que identifica as demandas do setor de tecnologia como, por exemplo, necessidade de profissionais e qualificações necessárias. O estudo é promovido por iniciativa da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS) em conjunto com o Instituto Internacional de Inovação (I3) e a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC). Entidades do setor de TIC e os principais núcleos tecnológicos de Santa Catarina são parceiros no mapeamento. Em 2015, foram levantadas 1,5 mil novas vagas e a necessidade de implantação de qualificação profissional em novas áreas, como e-commerce, redes sociais e marketing digital. A partir das informações coletadas, estão sendo traçadas as estratégias de capacitação para cada região abrangida por este estudo. A pesquisa envolve os 13 Centros de Inovação localizados em polos econômicos catarinenses:  Blumenau, Brusque, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joaçaba, Joinville, Lages, Rio do Sul, São Bento do Sul e Tubarão.

mapa_gtec_12