Posts

DSC07777

Geração TEC certifica novos programadores no Norte do Estado

Com o objetivo de impulsionar o desenvolvimento econômico por meio da formação de profissionais na área de Tecnologia, o Geração TEC habilitou mais 76 programadores em Joinville, nesta segunda-feira, 27. Esta é a primeira turma na região e o curso concluído foi nas linguagens Java/PHP, C# e .NET. “O diferencial desta turma foi a participação de mulheres, cerca de 20%”, assinala a coordenadora estadual do Geração TEC, Alba Schlichting, destacando que o índice médio é de 10% em outras regiões do Estado.

Foram três meses e meio de curso, com 260 horas/aula. Alba lembrou a importância da participação dos empresários da região para esta nova etapa, onde os programadores passarão por entrevistas de emprego. “O resultado foi muito bom, temos alguns alunos que já saem do Geração TEC empregados. Queremos dar continuidade e esperamos ainda mais de Joinville”, revela.

Durante a cerimônia, foi apresentado o trabalho de conclusão de curso da formanda Cláudia Regina Marconato. A representante dos estudantes mostrou um projeto integrador, chamado Gerenciador de agendamentos, para salões de beleza. O aplicativo foi desenvolvido no curso de Java/PHP.

Realizado pelo Governo do Estado, através da Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS) e Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), o programa foi lançado há um ano e formou 458 técnicos em Santa Catarina.

gtec_siteg

Geração TEC certifica 68 programadores em Florianópolis

O programa Geração TEC habilitou 68 programadores na Grande Florianópolis nesta quinta-feira, 5. Alunos das turmas das linguagens de SQL e de COBOL receberam os certificados de conclusão de curso. Dos formados, 46 já estão empregados no setor de tecnologia da informação e da comunicação (TIC).

Tauane de Jesus entrou no mercado de trabalho depois de participar do Geração TEC. A estudante de Análise e Desenvolvimento de Sistemas recebeu 120 horas de treinamento em COBOL. “Através deste programa iniciei um estágio numa empresa do setor de TI”, diz Taune de Jesus. “Estou feliz e cheia de esperanças em meu futuro”, completa a estudante.

Segundo a secretária-adjunta do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Lúcia Dellagnelo, os alunos do Geração TEC fazem parte de uma geração de inovadores. “Quando resolveu elaborar o programa Geração TEC, o Governo do Estado estava pensando em criar uma geração que inova, que sabe usar esta tecnologia para solucionar problemas, e que tem espírito empreendedor”, relembra. Para Lúcia, investimentos em capacitação técnica de jovens e adultos é um ponto importante para o futuro do estado. “É assim que daremos condições para essa geração levar de Santa Catarina ao estado máximo da inovação”, prevê.

Desenvolvido pela SDS, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC), programa Geração TEC oferece cursos gratuitos e de curta duração em linguagens de programação para jovens e adultos a partir de 17 anos. A iniciativa conta com a parceria do Instituto Internacional de Inovação (i3) e da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE).

11,7 mil vagas em 4 anos no setor de TIC

O setor de TIC terá uma demanda de 11.711 profissionais nos próximos quatro anos. Os dados foram levantados pela ACATE como uma das ações do programa Geração TEC. Segundo a pesquisa, hoje há 2.272 vagas abertas. “Uma das formas de dar oportunidade aos jovens catarinenses é formá-los e qualifica-los para ocupar as muitas vagas do setor de TIC, que representa uma indústria de alto valor agregado”, avalia o presidente da FAPESC.

As oportunidades geradas pelo setor se apresentam em todo o estado, assim como as turmas do Geração TEC. O programa capacita jovens em dez regiões: Florianópolis, Lages, Blumenau, Criciúma e Tubarão, Joinville, Chapecó, Jaraguá do Sul, Joaçaba e Rio do Sul. “Temos 551 alunos em sala de aula e já formamos 372”, comemora Norberto Dias, diretor do i3. No dia 16 de julho, outros 39 alunos iniciarão a capacitação em Jaraguá do Sul.

formatura

Programa Geração TEC forma mais 68 programadores em Florianópolis

Mais uma turma do programa Geração TEC conclui uma etapa em Florianópolis. A entrega dos diplomas será nesta quinta-feira, 5, às 17h, no auditório da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia  (Acate). “O Governo vem tratando a geração de emprego como prioridade, e o programa qualifica pessoas para atuarem em uma área cuja demanda só aumenta”, afirma o secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Paulo Bornhausen.

São 68 formandos divididos em três turmas, sendo duas nas linguagens SQL, com duração de 80 horas e uma de Cobol, com 120 horas de curso. Realizado pelo Governo do Estado, através SDS e Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), com a parceria da Acate e Instituto Internacional de Inovação (i3), o Geração TEC visa capacitar jovens na área tecnológica, impulsionando o desenvolvimento econômico.

O curso tem turmas em andamento também em Joinville, Criciúma, Tubarão, Lages, Blumenau, Chapecó, Rio do Sul, Joaçaba e na Grande Florianópolis. O principal diferencial do Geração TEC é o currículo desenhado para atender as demandas locais e a orientação profissional dos alunos ao longo da capacitação. A capacitação é gratuita e destinada a jovens acima de 17 anos, com ensino médio completo (ou cursando o último ano) e que não trabalhem com programação.

 

gtec_stgtec

Governador entrega certificados a alunos do Geração TEC em Lages

O governador Raimundo Colombo entregou na sexta-feira, dia 1º, o certificados de conclusão de curso aos primeiros 37 formandos do programa Geração TEC da região serrana. A cerimônia foi na Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), em Lages. O programa foi criado pelo Governo do Estado, por meio da secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável, para capacitar pessoas que desejam trabalhar no setor de Tecnologia da Informação (TI). “O Geração TEC é uma grande oportunidade que as pessoas têm de se qualificar para atuar em uma das áreas que mais gera postos de trabalho no Brasil”, afirmou Colombo.

O governador, ao parabenizar os formandos, disse que sem eles “não haveria o Geração TEC”. “O Governo faz programas, projetos, mas, se não houver interesse de quem será beneficiado por essas ações, elas de nada adiantam. Por isso, o mérito desta noite é todo de vocês”, destacou.

As aulas aconteceram na Uniplac e no Senac, durante três meses. A Fundação Catarinense de Amparo a Pesquisa (Fapesc) subsidiou os custos. Para o secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Paulo Bornhausen, a qualificação profissional representa um grande investimento. “O Governo vem tratando a geração de emprego como prioridade, e o programa qualifica pessoas para atuarem em uma área cuja demanda só aumenta.”

Antes do início do curso, a Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate) mapeou as principais necessidades de mão de obra das companhias especializadas em TI que atuam no Estado. O objetivo foi direcionar os cursos de acordo com as especificidades de cada região.

Na Serra, a operacionalização dos sistemas JAVA, PHP e .Net foi descrita pelos empresários como a maior carência, de modo que o programa Geração TEC foi direcionado para tal. Durante três meses, os 37 alunos aprenderam os fundamentos dos três sistemas vislumbrando uma vaga no mercado da região, que agrega mais de 60 empresas.

O orador da turma, Luis Fernando Zanguellini, 30 anos, já trabalha com Tecnologia da Informação há algum tempo, e fez o curso buscando aperfeiçoar-se. Ele diz que os novos profissionais irão impulsionar o setor na região. “As empresas estão sempre procurando profissionais qualificados, pois as funções exigem conhecimento técnico. O pessoal está bastante motivado, e as oportunidades irão aparecer. “

De acordo com secretário Bornhausen, o Geração TEC, que faz parte do Plano SC@2022, é mais instrumento do trabalho de fazer de Santa Catarina um estado líder em produtividade. “Estamos criando referências que identificarão o nosso estado no cenário nacional e internacional. Quando perguntarem o que é Santa Catarina, nós vamos dizer: ‘é onde a inovação permeia a atividade econômica’, afirmou. Bornhausen lembrou também os alunos do Geração TEC que eles, a partir de agora, eles “têm a responsabilidade de tornar essas referências concretas”.

Com informação da Secretária de Comunicação

gtec_bnu_sitegeracao

Geração TEC encerra primeira etapa em Blumenau

Na quarta-feira (9), 66 jovens receberam diploma de conclusão de curso da primeira turma do Geração TEC em Blumenau. O programa do Governo do Estado, desenvolvido pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS) e Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), tem parceria, na região, do Blumenau Polo de Informática (Blusoft). Todos os formandos estão previamente contratados por empresas parceiras.

Durante a formatura, a coordenadora estadual do Geração Tec, Alba Schlichting, destacou um dos diferenciais que encontrou em Blumenau. “O grande apoio dos familiares foi um dos pontos positivos. Esse apoio é fundamental, pois o curso não é fácil”, conta.

Outra característica singular na região foi o apoio financeiro de empresários, que adquirem cotas para contratação. “Os alunos saem dos cursos com 100% de empregabilidade, já que as empresas que adquirem cotas garantem a contratação, pois estão pagando por vagas que precisam preencher”, disse Jeziel Montanha, presidente do Blusoft.

Esta turma concluiu o curso de Teste de Software e Suporte e Help Desk. Outros 70 alunos seguem tendo aulas de Desenvolvimento de Sistemas, nas linguagens Java, e C#, módulo que tem previsão de encerramento em agosto deste ano.

O Geração TEC é destinado a jovens a partir de 17 anos, que tenham ensino médio completo ou estejam cursando o último ano, e não trabalhem com atividades relacionadas à programação. Em Blumenau, mais de 80% não tinham vínculo empregatício. “Os alunos estão saindo com 100% de empregabilidade”, disse Montanha. Ele conta que o apoio do Governo do Estado foi vital, resultando em um importante apoio para o desenvolvimento das empresas de tecnologia de toda a região.

 

Blusoft – 10/09/2012

Link de origem

formatura

Geração TEC forma 66 programadores em Blumenau

Todos os alunos estão previamente contratados por empresas parceiras

O programa estadual de capacitação em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), Geração TEC realizará, nesta quarta-feira (9), formatura da primeira turma em Blumenau. A cerimônia será às 17 horas no anfiteatro do Instituto Gene. Realizado pelo Governo do Estado, através da Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS) e Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), com a parceria do Blumenau Polo de Informática (Blusoft), o curso visa capacitar jovens na área tecnológica, impulsionando o desenvolvimento econômico.

 Os 66 formandos começaram o curso em janeiro deste ano, na área de Teste de Software e Suporte e Help Desk. O outro módulo de formação, de Desenvolvimento de Sistemas, nas linguagens Java, e C#, tem previsão de término em agosto e colocará mais 70 alunos no mercado de trabalho. “Capacitar jovens para este setor é gerar oportunidades de ocupação e renda, preparando profissionais para os desafios do mercado”, afirma a secretária-adjunta da SDS, Lúcia Dellagnelo, que representará o secretário Paulo Bornhausen na solenidade.

A taxa de empregabilidade desta primeira fase do Geração TEC na região é de 100%. Além de Blumenau, há alunos de Indaial, Gaspar, Ascurra e Timbó. Cerca de 78% deles têm menos de 25 anos e a maioria não desenvolvia nenhuma atividade profissional. Mais de 200 programadores já foram formados pelo programa na Grande Florianópolis.

O curso tem turmas em andamento também em Joinville, Criciúma, Tubarão e Lages. O principal diferencial do Geração TEC é o currículo desenhado para atender as demandas locais e a orientação profissional dos alunos ao longo da capacitação.

Inscrições abertas
Jovens interessados em participar do Geração TEC em Chapecó, Rio do Sul, Joaçaba e Jaraguá do Sul podem se inscrever pelo sitewww.geracaotec.sc.gov.br até o dia 25 de maio. Estão sendo oferecidas 230 vagas e o curso é gratuito.

Em Chapecó serão disponibilizadas 30 vagas para linguagens .NET/PHP e outras 30 para Delphi/Java. Rio do Sul oferecerá 30 vagas para PHP e outras 30 para Delphi/GeneXus. Já em Jaraguá do Sul, os candidatos poderão optar por aulas de Java ou .NET, onde cada turma terá 40 alunos. Nestas cidades as aulas serão no período vespertino. Por fim, em Joaçaba serão 30 selecionados para estudarem Delphi/Java.

Formatura

Geração TEC forma mais uma turma em Florianópolis

O Geração TEC, programa que visa capacitar profissionais em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) realizado pelo Governo do Estado, através da Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), entregou, nesta quinta-feira (3), diploma de conclusão de curso para mais uma turma de Florianópolis. Falando em nome do governador Raimundo Colombo, o titular da SDS, Paulo Bornhausen, ressaltou a importância da qualificação. “Mais que profissionais prontos para o mercado, os 54 alunos que receberam o diploma são, agora, agentes do desenvolvimento de Santa Catarina e da nova economia catarinense”, disse.

Durante a formatura, o presidente da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia  (Acate), Rui Gonçalves, fez a entrega do mapeamento de recursos humanos do setor de TIC catarinense, realizado para o Geração TEC. A Acate é parceira do Governo no programa, assim como a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), e o mapeamento vai permitir que se conheça a demanda por especialistas da área e as novas profissões do setor.

Paulo Bornhausen falou sobre o plano de Governo a cargo da SDS, o SC@2022, e destacou o papel fundamental dos formandos na sua realização. “Vocês são parte essencial para o sucesso desse plano. O Geração TEC alcança tanto o Nova Economia@SC, como o Inovação@SC e o Educação TEC@SC, o que faz dele um projeto especial”, ponderou Bornhausen aos formandos, citando três programas do SC@2022, que é composto ainda pelo Meio Ambiente Legal@SC.

O presidente da Fapesc, Sérgio Gargioni, disse que o programa vai atingir a meta deste ano, de formar mil profissionais em todo Estado, antes da data. “O melhor investimento que o Governo pode fazer é em formação, é na educação de jovens, para a vida e para o trabalho. E é isso que o Geração TEC faz”, proferiu ao ressaltar o caráter educacional. Rui Gonçalves, da Acate, foi na mesma direção, ao afirmar que com a capacitação intelectual pode mudar a história do país. “Capacitar pessoas é melhor do que dar incentivos fiscais, do que construir estradas”, relatou.

Falando em nome dos alunos o formando Roulien Paiva Vieira contou que, ainda durante o curso, por diversas vezes empresários visitaram a sala de aula, demonstrando interesse em levar estudantes para trabalhar em suas empresas. Ele próprio já estava empregado mesmo antes de terminar o curso. “Fui convidado pela Apimec-Sul de Santa Catarina para participar, como analista júnior, em um projeto de educação à distância para todo o Brasil”, expôs. O secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável finalizou seu discurso chamando os empresários para participarem ainda mais ativamente do Geração TEC, levando para suas companhias os profissionais que estão sendo formados. “Afinal, esse programa foi criado para preencher as vagas que vocês mesmo apontam ter”, enfatizou.

formatura

Geração TEC forma segunda turma

Desde foi lançado, em agosto de 2011, mais de 200 alunos na Grande Florianópolis já concluíram o curso

O programa Geração TEC forma, nesta quinta-feira (3), 54 programadores na primeira turma da Grande Florianópolis em 2012. Os alunos receberão os certificados das mãos do governador Raimundo Colombo. Iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS) e Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), em parceria com o Instituto Internacional de Inovação (i3) e Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate), o Geração TEC busca impulsionar o desenvolvimento econômico sustentável com inovação através da formação de profissionais especializados na área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). A formatura será, às 16 horas, no auditório da Federação do Comércio de Bens, de Serviços e de Turismo de Santa Catarina (Fecomércio), em Florianópolis.

Para o secretário da SDS, Paulo Bornhausen, o Geração TEC abre um novo paradigma para o desenvolvimento de Santa Catarina. “Estamos investindo na formação de jovens profissionais e preparando capital humano catarinense para a economia do futuro, que terá como bases a inovação e a tecnologia”, prevê Bornhausen. O Geração TEC está entre os 19 projetos do Plano SC@2022, que, de acordo com o secretário, “levará Santa Catarina ao Estado máximo da inovação”.

A capacitação dos alunos formandos nesta etapa iniciou em janeiro de 2012, com três turmas para as linguagens de Java, Delphi e PHP. Na capital catarinense o programa tem apoio institucional de empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). “Com a demanda crescente por profissionais capacitados, o Geração TEC está contribuindo ativamente na ampliação da oferta de programadores. Grande parte dos formandos nas duas primeiras etapas já está empregada em nossas empresas ou dando continuidade ao processo de formação”, explica Rui Luiz Gonçalves, presidente da Acate. Na ocasião, ele apresentará os principais pontos do Mapeamento do Setor de TIC de Santa Catarina. Trata-se de um levantamento das necessidades de recursos humanos no setor no Estado. O mapeamento é uma das ações previstas no programa Geração TEC.

Em Florianópolis, a primeira etapa iniciou em setembro de 2011 com seis turmas, dos quais 147 alunos concluíram o curso. O Geração TEC já foi implantado também em Lages, Blumenau, Joinville, Criciúma e Tubarão.

Inscrições abertas – Jovens interessados em participar do Geração TEC em Chapecó, Rio do Sul, Joaçaba e Jaraguá do Sul podem se inscrever pelo site www.geracaotec.sc.gov.br até o dia 25 de maio. Estão sendo oferecidas 230 vagas e o curso é gratuito.

Em Chapecó serão disponibilizadas 30 vagas para linguagens .NET/PHP e outras 30 para Delphi/Java. Rio do Sul oferecerá 30 vagas para PHP e outras 30 para Delphi/GeneXus. Já em Jaraguá do Sul, os candidatos poderão optar por aulas de Java ou .NET, onde cada turma terá 40 alunos. Nestas cidades as aulas serão no período vespertino. Por fim, em Joaçaba serão 30 selecionados para estudarem Delphi/Java.