Posts

formatura

Geração TEC certifica 16 programadores em Tubarão

O programa Geração TEC entregará os certificados de formação de curso a 16 jovens e adultos capacitados na linguagem de programação Delphi em Tubarão. A formatura ocorrerá nesta terça-feira, 2, no auditório do Senac, a partir das 19h30min.

Para o secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Paulo Bornhausen, o programa capacita uma geração para atuar em um novo modelo econômico. “A economia do futuro terá como motores a tecnologia e a inovação. Ao oferecermos oportunidades de treinamento e formação para que os jovens catarinenses possam atuar nestas áreas, estamos abrindo caminho para a nova economia em Santa Catarina”, avalia Bornhausen.

Desde 2011, o Geração TEC já formou 605 jovens no estado. Outras 621 pessoas estão em sala da aula. O programa conta também com 595 vagas abertas: 500 em Blumenau; 45 em Itajaí e 50 em Lages. As inscrições são realizadas pelo site www.geracaotec.sc.gov.br.

Desenvolvido pelo Governo do Estado, por meio da SDS e da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC), o Geração TEC tem parceria da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE). Em Tubarão, a capacitação desta turma de Delphi foi realizada com o apoio do Senac da cidade.

(Atualizado às 18h50)

geracaotec_slide

Geração TEC forma mais de 600 jovens em um ano

Após um ano de operação, o programa Geração TEC certificou 605 jovens e adultos em dez regiões do estado para atuar no setor de Tecnologia da Informação e da Comunicação (TIC). “Até o final deste ano, prevemos entregar, no mínimo, mais 500 profissionais capacitados para o segmento de TIC, um dos mais importantes para a economia do futuro que queremos em Santa Catarina”, avalia o secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Paulo Bornhausen.

Até agosto de 2012, o programa contemplou pessoas da Grande Florianópolis, Lages, Criciúma, Tubarão, Joinville, Chapecó, Jaraguá do Sul, Joaçaba e Rio do Sul, com vagas para 13 cursos relacionados à tecnologia, como linguagens de programação. Em sala de aula, são 311 alunos e mais 300 vagas estão abertas para os cursos de Web Design, Infraestrutura de Redes de Computadores e Fundamentos de Redes e Sistema Operacional Linux, com inscrições pelo site www.geracaotec.sc.gov.br até 14 de setembro.

Para participar do Geração TEC, os jovens precisam ter mais de 17 anos. Além disso, é preciso que os interessados tenham ensino médio completo ou cursando o último ano, conhecimentos básicos em informática, e não estarem empregados em atividades relacionadas à tecnologia da informação e da comunicação.

O programa é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável e da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), em parceria com a Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate) e o Instituto Internacional de Inovação (i3).

Vagas nos próximos anos – No lançamento da primeira turma do programa, em 10 de agosto de 2011, o governador Raimundo Colombo destacou a necessidade de focar nas oportunidades do mercado interno de tecnologia. “Temos um potencial extraordinário e este trabalho, feito de maneira ágil e eficaz, irá repercutir não apenas em nossa economia, como para a vida das pessoas”, disse Colombo.

Segundo o mapeamento do setor de TIC, realizado pelo Geração TEC, em parceria com a Acate, no próximos quatro anos, empresas do segmento abrirão 11.771 vagas em todo estado. Hoje, são 10.098 pessoas empregadas em atividades relacionadas às TIC.

Para o presidente da Acate, Guilherme Bernard, a capacitação de profissionais pelo Geração TEC ajuda o setor. “Este programa é a resposta que o setor tecnológico catarinense espera do poder público para contribuir na formação de recursos humanos para este segmento, que demanda profissionais em quantidade e qualidade para garantir taxas de crescimento de 20 a 30% ao ano”, avalia.

formatura

Geração TEC forma novos profissionais na área de tecnologia

O programa Geração TEC, que gratuitamente capacita jovens para serem programadores de computador, formou 41 alunos no sul do estado, na última segunda-feira (13) em Criciúma.

Nesta terça-feira (14) será realizada a formatura em Tubarão, às 14h30, no auditório da UNISUL, que fica na avenida José Acácio Moreira, 787, em Dehon.

O Geração TEC é realizado em parceria com a Fapesc (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina), Acate (Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia), SDS (Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável) e o I3 (Instituto Internacional de Inovação).

Puderam participar do programa adultos e jovens a partir de 17 anos, com ensino médio completo ou cursando o último ano. Ter habilidade com matemática e raciocínio lógico e não estar empregado em atividades relacionadas à programação são alguns dos pré-requisitos.

 

Fapesc – 13/08

Link de origem 

formatura

Programa Geração TEC forma mais 68 programadores em Florianópolis

Mais uma turma do programa Geração TEC conclui uma etapa em Florianópolis. A entrega dos diplomas será nesta quinta-feira, 5, às 17h, no auditório da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia  (Acate). “O Governo vem tratando a geração de emprego como prioridade, e o programa qualifica pessoas para atuarem em uma área cuja demanda só aumenta”, afirma o secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Paulo Bornhausen.

São 68 formandos divididos em três turmas, sendo duas nas linguagens SQL, com duração de 80 horas e uma de Cobol, com 120 horas de curso. Realizado pelo Governo do Estado, através SDS e Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), com a parceria da Acate e Instituto Internacional de Inovação (i3), o Geração TEC visa capacitar jovens na área tecnológica, impulsionando o desenvolvimento econômico.

O curso tem turmas em andamento também em Joinville, Criciúma, Tubarão, Lages, Blumenau, Chapecó, Rio do Sul, Joaçaba e na Grande Florianópolis. O principal diferencial do Geração TEC é o currículo desenhado para atender as demandas locais e a orientação profissional dos alunos ao longo da capacitação. A capacitação é gratuita e destinada a jovens acima de 17 anos, com ensino médio completo (ou cursando o último ano) e que não trabalhem com programação.