Posts

2013-10-30-gtec-site

Você tem a memória de elefante? Ou esquece tudo muito rápido?

O que faz com que uma memória seja guardada ou esquecida? A falta de estímulo interno ou externo faz com que uma informação seja apagada. Há quem diga que pensamentos pouco usados são deletados, ou que esquecimento é uma falha do cérebro.

Confira outros motivos que facilitam no esquecimento:

LOCAL BARULHENTO

Ruídos no ambiente como a televisão ligada ou o celular que toca a todo momento vão dispersar a atenção até de quem se considera multitarefa. Prefira locais silenciosos sem interferência de barulho ou interrupções para focar somente no que precisa ser memorizado.

FALTA DE ATENÇÃO

A concentração é essencial para criar associações com a informação. Deu sono? Levante-se, mude de ambiente e revise a informação.

FALTA DE DEDICAÇÃO

Ler repetidas vezes um conteúdo em voz alta também ajuda o processo de memorização. Faça anotações e tente o explicar o conteúdo para si mesmo.

 

timthumb

Geração TEC lança 11 turmas em Blumenau

Jovens de Blumenau e região que têm interesse em participar do Geração TEC, programa do Governo do Estado por meio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), para capacitação de pessoas para o setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), podem se inscrever pelo site www.blusoft.org.br até 10 de novembro.

“Por meio do Geração TEC, os jovens catarinense estão acendendo o farol da inovação por todas as regiões do Estado. Em quase dois anos, o programa forma uma geração para atuar no setor de tecnologia, um dos que mais cresce e que será o motor da nova economia catarinense”, afirma o secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Paulo Bornhausen.

Serão 11 turmas de 3D Studio Max – Modelagem e Renderização em Alto Nível, AutoCAD 2D+3D, Desenvolvedor de Sistemas em DELPHI, Desenvolvedor de Sistemas em JAVA, Desenvolvedor de Sistemas em PHP, Desenvolvedor de Sistemas em VISUAL BASIC, Design Gráfico, Formação Desenvolvedor Oficial Microsoft C#.NET (MCTS), Formação Profissional de Infraestrutura Oficial Microsoft (MCSA), SKETCHUP – Modelagem 3D e Renderização. Totalizando 500 vagas, com turmas nos períodos matutino e vespertino, com duração prevista de 48 a 408 horas-aula. Os cursos serão ofertados conforme a demanda por profissionais de cada município. Para conhecer essa demanda, o Geração TEC mapeou 13 cidades do Estado, durante dois meses. O levantamento inicial apontou para uma necessidade de mais de 2,4 mil profissionais neste ano.

Gratuitamente, o programa é destinado a jovens com 17 anos ou mais, que tenham completado o ensino médio ou estejam cursando o último ano, com conhecimentos básicos em informática e que não estejam trabalhando com atividades relacionadas à TIC.

“Esta nova edição do Programa Geração TEC irá beneficiar centenas de jovens, contribuindo diretamente na geração de empregos para o setor de tecnologia da informação e possibilitando que as empresas continuem a avançar em crescimento sustentável e inovação”, salienta o coordenador do Polo Tecnológico de Informação e Comunicação da Região de Blumenau (Blusoft), Sérgio Tomio.

Lançado em 2011, já foram realizadas 2.092 certificações e 1.469 pessoas receberam certificados, em 12 cidades de Santa Catarina. Em Blumenau, 457 pessoas foram capacitadas no último ano, com o apoio do Blusoft. Para 2013, o Governo do Estado garantiu R$ 3,5 milhões em recursos para a execução do programa, que pretende formar cinco mil pessoas até 2014.

O Geração TEC é um programa da SDS, realizado por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), em parceria com o Instituto Internacional de Inovação (i3), com a Acate e com instituições do setor de tecnologia das cidades atendidas.

616726_26242974

Programa Geração TEC e IEL/SC firmam parceria

O Governo do Estado e o Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina (IEL/SC) trabalharão em conjunto para facilitar o ingresso dos alunos do Geração TEC no mercado de trabalho. O IEL/SC atuará na gestão de estágio não obrigatório e supervisionado do programa do Governo do Estado, que capacita jovens e adultos para o setor de tecnologia da informação e comunicação (TIC).

A parceria entre o Geração TEC e o IEL/SC tem como objetivo principal inserir os alunos nas empresas e polos tecnológicos do Estado, para que eles tenham embasamento prático e conheçam o dia-a-dia do setor de tecnologia.

O estágio deve iniciar a partir do segundo mês de curso e não poderá ultrapassar dois meses após o término das aulas. As atividades, duração, frequência e remuneração do estágio serão acordados entre o estagiário e a empresa, conforme o Termo de Contrato de Estágio (TCE).

“Vemos nesta parceria além da oportunidade de aprimoramento e fixação dos conhecimentos teóricos, a perspectiva de inserção do aluno no mundo do trabalho”, destaca a coordenadora do programa e diretora de administração da Fapesc, Alba Schlichting.

O Geração TEC formará uma nova geração de profissionais e empreendedores para trabalhar com tecnologia e inovação em Santa Catarina. Jovens e adultos a partir de 17 anos, com no mínimo o ensino médio completo ou cursando o último ano, e que não estejam empregados em atividades relacionadas à programação, podem se inscrever. É necessário conhecimento de lógica, inglês e boa fundamentação em matemática. Para participar, é preciso fazer a inscrição pelo site e ser aprovado no processo seletivo.  As fases de seleção são definidas de acordo com as peculiaridades de cada curso e da cidade atendida pelo programa.

Mais informações e inscrições pelo site www.geracaotec.sc.gov.br

 

 

large

Conheça cinco estratégias para ter um bom networking

Faz parte da essência do ser humano buscar relações interpessoais e ter bons relacionamentos que possam trazer benefícios mútuos. Um deles é o networking, que é formado por uma rede de contatos ao longo da carreira profissional, que estabelece laços de respeito e confiança entre as pessoas.

Veja as cinco dicas do site Terra para formar e manter um bom networking.

Dados da consultoria de recursos humanos DBM, apontam que 70% das vagas preenchidas no mercado de trabalho são resultado de indicações.

O Geração TEC é um meio de aumentar sua rede de contatos profissionais e abrir portas para o mercado de trabalho. Aproveite e faça sua inscrição aqui!

imagem_mapeamento

Mapeamento aponta necessidade de mais de 2,4 mil profissionais em TIC

O Geração TEC, programa do Governo do Estado para capacitação de jovens e adultos no setor de tecnologia da informação e comunicação (TIC), apresentou o resultado do mapeamento de vagas 2013, na última segunda-feira (22), em Florianópolis. “O setor de tecnologia representará um dos principais alicerces da nova economia que estamos introduzindo no Estado”, avaliou o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Paulo Bornhausen.

A reunião contou a presença de empresas de setor de tecnologia e instituições de ensino, que ajudaram na formatação dos cursos, número de turmas, horário das aulas, carga horária e ementa. “O Governo do Estado e as instituições parceiras levarão o programa Geração TEC há mais de dez cidades neste ano, gerando oportunidades e promovendo o setor de tecnologia em todas as regiões catarinenses”, explica o secretário Bornhausen.

Dados do mapeamento indicam que, em Santa Catarina, há um número significativo de vagas abertas no setor de TIC, porém, há uma grande demanda por profissionais capacitados para ocupá-las. O levantamento inicial apontou para uma necessidade de mais de 2,4 mil profissionais neste ano. Para conhecer essa demanda, o Geração TEC mapeou 12 cidades do Estado, durante dois meses.

Na Grande Florianópolis, 64 empresas participaram do mapeamento, as quais indicaram a demanda total de 696 vagas, sendo 199 atuais e 497 para os próximos 12 meses. A previsão é de que até início de maio as inscrições para o processo seletivo sejam abertas.

Para o presidente da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE), Guilherme Bernard, trata-se de uma das iniciativas mais importantes para a formação de recursos humanos no Brasil. “O sucesso das edições anteriores do programa demonstra a necessidade de seguir investindo no desenvolvimento de profissionais qualificados, alavancando a competitividade e a capacidade de inovação das empresas catarinenses”, destaca.

Programa

O Geração TEC é um programa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), realizado por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) e do Instituto Internacional de Inovação (i3), em parceria com a Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate).

Lançado em 2011, já capacitou e formou 2.092 pessoas em 12 cidades de Santa Catarina. Para 2013, o Governo do Estado garantiu R$ 3,5 milhões em recursos para a execução do programa, que pretende formar 5 mil pessoas até 2014.

Podem participar jovens e adultos a partir de 17 anos, que estejam cursando o último ano do ensino médio ou ter concluído, ter conhecimento básico em informática e em raciocínio lógico e não estar empregado em atividades relacionadas à TIC.

 

2013_04_15-site

Geração TEC apresenta resultados do mapeamento de vagas 2013

A equipe do Geração TEC, programa do Governo do Estado para capacitação de jovens e adultos no setor de tecnologia da informação e comunicação (TIC), retornará aos municípios que participaram do mapeamento de vagas, com objetivo de apresentar resultados e planejar os cursos. As reuniões serão realizadas entre os dias 11 e 22 de abril, nas nove primeiras cidades a terem os dados compilados: Itajaí; Blumenau; Joinville; São Bento do Sul; Chapecó; Lages; Tubarão; Criciúma e Florianópolis.

Além de apresentar os resultados do mapeamento de vagas feito em 2013 junto às empresas destes municípios, será definida a formatação dos cursos, número de turmas, horário das aulas, carga horária, ementa e instituição executora em cada cidade.

O Geração TEC é um programa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), realizado por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) e do Instituto Internacional de Inovação (i3), em parceria com a Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate). Lançado em 2011, já capacitou e formou 2092 pessoas em 12 cidades de Santa Catarina.

tech head 16

Brasil tem dificuldade para encontrar profissionais de tecnologia

O crescimento do setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) aumentou a demanda de profissionais da área, porém, mesmo com o mercado aquecido, ainda falta oferta de pessoas qualificadas no país.

Estudo aponta que o Brasil é o segundo na América Latina com maior dificuldade para encontrar candidatos tecnicamente qualificados para a área de tecnologia, ficando atrás apenas do México. A previsão é de que em 2015 a lacuna por profissionais capacitados em TIC exceda 32% da oferta.

A reportagem do site InfoMoney traz mais detalhes sobre o assunto.

Em Santa Catarina, uma ação do Governo do Estado incentiva o setor: o programa Geração TEC. Desenvolvido pelo Governo de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, o programa capacita jovens e adultos gratuitamente para o setor de TIC.

Para garantir que o currículo dos cursos seja diferenciado, a equipe do Geração TEC está mapeando as regiões do Estado e levantando a demanda atual de vagas para o setor. É importante que as empresas preencham o formulário, indiquem quantas vagas em aberto possui e em qual área, pois o resultado desta fase preliminar irá nortear as ofertas de cursos de capacitação do Geração TEC para o primeiro semestre de 2013.

Se você é um empresário do setor de TIC e ainda não preencheu o formulário do mapeamento, pode fazer clicando aqui.

 

b

O que não pode faltar no seu currículo

A falta de informações relevantes no seu currículo profissional pode prejudicar na hora de conseguir um emprego. Um dos segredos é adaptar seu currículo com as particularidades de cada vaga e de cada empresa.

As empresas buscam profissionais qualificados, com boas referências e com currículos que tenham informações coerentes a respeito do candidato.

Veja no site universia sete itens importantes para acrescentar no seu currículo.