Posts

formatura

Novos programadores serão formados em Itajaí e Blumenau

O Geração TEC, o programa do Governo do Estado de capacitação para tecnologia, entregou certificados para 66 formandos em Itajaí e 427 em Blumenau nesta quinta-feira, 13. Na solenidade, o secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Paulo Bornhausen, parabenizou aos alunos e suas famílias. “Vocês tem o papel principal em um projeto de Estado que levará Santa Catarina a um caminho melhor que já esteve”, declarou.

O projeto é uma ação da SDS, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação (Fapesc) em parceria com a Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate) e o Instituto i3. O curso já formou profissionais em Joinville, Criciúma, Tubarão, Lages, Chapecó, Pinhalzinho, Jaraguá do Sul, Rio do Sul, Joaçaba e na Grande Florianópolis. O principal diferencial do Geração TEC é o currículo desenhado para atender as demandas locais e a orientação profissional dos alunos ao longo da capacitação, que é gratuita.

Em Itajaí, duas turmas tiveram 116 horas de aula de capacitação em Web Designer. A vice-reitora da Universidade do Vale do Itajaí,Amândia Maria de Borba, falou que a tecnologia tem lançando círculo fantástico de mudanças. “A Univali apoia estas iniciativas e parabéns ao Governo do Estado por apostar no saber”. O aluno Tibúrcio de Barcelos, orador na solenidade, também agradeceu à administração pública estadual por esta oportunidade de crescimento.

Em Blumenau, os cursos foram destinados a profissionais que já trabalham com Tecnologia da Informação (TI) com capacitações nas áreas de Governança, Gerenciamento de Projetos, Marketing Digital, Gestão Jurídica, entre outros. Para jovens e adultos que não trabalhavam com TI, foram oferecidos os cursos de formação profissional em Design Gráfico, Web design, Administração em Windows Server, Linux, SQL Server e Administrador Oracle. Lá, o Geração TEC contou com apoio do Polo Tecnológico de Informação e Comunicação da Região de Blumenau (Blusoft) e, durante a solenidade, foi firmado convênio com a SDS que dobra a participação do Governo no projeto. “Se está funcionando, vamos dobrar o jogo. Os efeitos em Blumenau são visíveis, mensuráveis. É a conversão de uma cidade que já foi líder na economia, e que está retomando à liderança através da tecnologia”, disse Bornhausen.

O presidente da Blusoft, Jeziel Montanha, despediu-se do cargo após seis anos, agradecendo o apoio do Governo do Estado, via SDS, para formação de novos profissionais. Para o formando Conrado Castelien, o diferencial do projeto está na qualidade. “Trabalho há vinte anos com tecnologia e já fiz quatro capacitações do Geração TEC. Três aspectos foram fundamentais: os temas dos cursos, pertinentes com o mercado; o alto nível dos professores; e a estrutura, onde já podemos sair aplicando os conhecimentos”, afirmou.

Finalizando a cerimônia, o titular da SDS elogiou especialmente o trabalho da coordenadora do Geração TEC, a diretora de administração da Fapesc,  Alba Terezinha Schlichting. “Ela é uma das maiores educadoras do Estado, e construiu uma carreira na área educacional, com dedicação desde o Mobral”.

geracaotec_slide

Inscrições do Geração TEC em Lages são prorrogadas

Atualizado em 21/11/2011

Os jovens e adultos interessados em participar do processo seletivo do programa Geração TEC, em Lages, terão até o dia 30 de novembro para realizar a inscrição pelo site www.geracaotec.sc.gov.br. Nos primeiros dias de dezembro, será concluído o processo seletivo para as vagas na região. Com objetivo de formar mais profissionais na área de tecnologia, impulsionando o desenvolvimento econômico, serão abertas este ano 100 vagas na região.

O programa é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS) e Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc). Os cursos são gratuitos, para jovens acima de 17 anos, com ensino médio completo ou cursando o último ano e que não trabalhem com programação.

Para o secretário da SDS, Paulo Bornhausen, o Geração TEC abre um novo paradigma para o desenvolvimento de Santa Catarina. “Estamos preenchendo um vácuo existente entre os cursos de formação técnica e as necessidades reais das empresa”, relata. O diferencial do programa são os currículos, montados em parceria com as empresas do setor.

Geração TEC em Florianópolis

Na capital do Estado, o Geração TEC superou as expectativas do Governo. A princípio seriam 140 vagas, mas como o número de inscritos qualificados para o programa foi superior, a Fapesc se empenhou em buscar mais recursos e aumentar as vagas. Em Florianópolis, 199 alunos divididos em nove turmas já participam da capacitação nas linguagens de programação Java, C++, Delphi, PHP e .Net . Ao final dos cursos, haverá acompanhamento da dinâmica do mercado de trabalho em tecnologia por meio do monitoramento profissional dos participantes do programa.

geracaotec_slide

Geração TEC abre inscrições em Lages nesta sexta-feira

O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS) e Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), está abrindo inscrições em Lages, a partir desta sexta-feira (14), para o programa Geração TEC. Com objetivo de formar mais profissionais na área de tecnologia, impulsionando o desenvolvimento econômico da região, serão abertas 100 vagas.

Para o secretário da SDS, Paulo Bornhausen, o Geração TEC abre um novo paradigma para o desenvolvimento de Santa Catarina. “Estamos  preenchendo um vácuo existente entre os cursos de formação técnica e as necessidades reais das empresas”, relata. Segundo Bornhausen, o grande diferencial é que o currículo do programa é montado em parceria com as empresas. “Estamos formando o profissional com a qualificação necessária para ocupar as vagas existentes. Tanto, que as empresas garantem a contratação de 80 por cento dos formandos”, enfatiza o titular da SDS.

Um mapeamento está sendo realizado para que o Geração TEC atinja todas as regiões do Estado. O programa tem apoio da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate), além de instituições privadas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). “O setor tecnológico catarinense vive uma fase de grande expansão com a criação de novos polos regionais, mas que mantém os mesmos desafios da formação da profissionais com qualidade e em quantidade. O Geração TEC no planalto serrano será um importante indutor de crescimento para a região”, comenta o presidente da Acate, Rui Luiz Gonçalves.

Os cursos são gratuitos, para jovens acima de 17 anos, com ensino médio completo (ou cursando o último ano) e que não trabalhem com programação. As inscrições podem ser feitas pelo site www.geracaotec.sc.gov.br.

Geração TEC em Florianópolis

Na capital do Estado, o Geração TEC superou as expectativas do Governo. A princípio seriam 140 vagas, mas como o número de inscritos qualificados para o programa foi superior, a Fapesc se empenhou em buscar mais recursos e aumentar as vagas. Em Florianópolis, 210 alunos divididos em nove turmas recebem linguagens de programação de Java, C++, Delphi, PHP e .Net . Ao final do curso, haverá acompanhamento da dinâmica do mercado de trabalho em tecnologia por meio do monitoramento profissional dos participantes do programa.

Aula Magna

Programa Geração TEC capacitará jovens para tecnologia

Com o objetivo de formar mais profissionais na área de tecnologia, impulsionando o desenvolvimento econômico, nesta quarta-feira (10), no Senac, foi lançado o programa Geração TEC. A iniciativa é do Governo do Estado, através da Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS) e Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc). “Santa Catarina já desponta no cenário nacional como uma referência em tecnologia. Esse programa é uma importante iniciativa da nossa administração para desenvolver ainda mais nosso Estado”, afirma o governador Raimundo Colombo.

Para o secretário da SDS, Paulo Bornhausen, o Geração TEC abre um novo paradigma para o desenvolvimento de Santa Catarina. “Estamos  plantando bases para o Estado chegar ao patamar de inovação máxima”, relata. Bornhausen diz que esta conquista será feita através da qualificação, e para isso, educação é o marco fundamental. Os cursos são gratuitos, para jovens acima de 17 anos, com ensino médio completo (ou cursando o último ano) e que não trabalhem com programação.

O programa tem apoio, em Florianópolis, da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate), além de instituições privadas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). “Todos que conseguirem um bom índice de aproveitamento terão espaço no mercado”, avaliza o presidente da Acate, Rui Luiz Gonçalves. Segundo ele, o setor está em expansão constante e necessita de profissionais qualificados.

A primeira etapa acontece em Florianópolis, onde estão sendo selecionados 140 alunos. As turmas serão dividas pelas linguagens de programação oferecidas (Java, C++, Delphi, PHP e .Net). Ao final do curso, haverá acompanhamento da dinâmica do mercado de trabalho em tecnologia por meio do monitoramento profissional dos participantes do programa. As inscrições para a primeira fase podem ser feitas pelo site do Geração TEC até 20 de agosto.

“Santa Catarina precisa focar nas oportunidades internas e todas as ações de hoje são enquadradas pela tecnologia”, esclarece o governador. Um mapeamento está sendo realizado para que o Geração TEC atinja todas as regiões do Estado. “Temos um potencial extraordinário e este trabalho, feito de maneira ágil e eficaz, irá repercutir não apenas em nossa economia, como para a vida das pessoas”, finaliza Colombo.

Aula será no auditório do Senac, na Prainha, em Florianópolis

Governo lança projeto de capacitação em tecnologia

Nesta quarta-feira (10), às 14h30, o governador Raimundo Colombo ministrará a aula magna de lançamento do Geração TEC, programa de formação de profissionais qualificados para área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), desenvolvido pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS). “A tecnologia da informação é a ferramenta com a qual o Governo do Estado pretende colocar a economia catarinense em um novo patamar”, explica o secretário da SDS, Paulo Bornhausen.

O evento acontecerá no auditório do Senac, no bairro Prainha em Florianópolis. Programa da SDS, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), o Geração TEC tem apoio da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate) e de instituições privadas de TIC. “Capacitar os jovens para este setor é gerar oportunidades de ocupação e renda, dotando o mercado de profissionais preparados para esse desafio”, diz Bornhausen. Para a formação das primeiras turmas, o programa terá a parceria do Senac.

Capacitação para tecnologia

Os cursos serão gratuitos e de curta duração, sendo necessário que os candidatos tenham a partir de 17 anos, ensino médio completo (ou esteja cursando o último ano) e não trabalhem com programação. “Critérios como raciocínio lógico desenvolvido, conhecimentos em matemática e inglês são levados em conta para o ingresso no programa”, diz o presidente da Acate, Rui Luiz Gonçalves.

O Geração TEC tem como base o mapeamento do setor realizado pelo Governo em várias regiões de Santa Catarina. Seu principal diferencial é o currículo desenhado para atender as demandas locais e a orientação profissional dos alunos ao longo dos cursos. A meta é formar cinco mil pessoas na capacitação até 2014 em todo Estado.

A primeira etapa acontece em Florianópolis. Inicialmente estão sendo selecionados 140 alunos. As turmas serão dividas pelas linguagens de programação oferecidas (Java, C++, Delphi, PHP e .Net). Ao final do curso, haverá acompanhamento da dinâmica do mercado de trabalho em tecnologia por meio do monitoramento profissional dos participantes do programa. As inscrições para a primeira fase podem ser feitas pelo site do Geração TEC até 20 de agosto.