Posts

pie grid double

TI está entre as dez carreiras de nível superior com maior expansão de vagas no Brasil

Osetor de  TI aparece como uma das 10 carreiras de nível superior com maior expansão de vagas no Brasil, segundo pesquisa Radar – Tecnologia, Produção e Comércio Exterior, divulgado em julho de 2013 pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

No período de janeiro de 2009 a dezembro de 2012 foram criadas 49.535 vagas para o setor de tecnologia da informação. De cada cem novas vagas de nível superior, 16 surgiram nessa área.

O levantamento ainda constatou que profissionais de TI são requisitados principalmente nos estados da região Sul e em São Paulo.

Confira aqui o estudo completo

966932_32706958 (1)

Parcerias melhoram a qualificação dos profissionais de TI em SC

Segundo a pesquisa realizada pela Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate) as empresas de TI em Santa Catarina cresceram 33% em 2012. As empresas que participaram da pesquisa fazem parte de um agrupamento de empresas do mesmo segmento, reforçando a importância das parcerias.

De acordo com o presidente da Acate, Guilherme Bernard, a qualificação de mão de obra ainda é um problema para as empresas do setor de tecnologia de informação. Esse cenário melhorou após serem firmadas parcerias com universidades e o Governo do Estado, que viram no setor um mercado fértil para a geração de empregos, como é o caso do programa Geração TEC.

 

Veja aqui mais informações sobre a pesquisa. 

0002103807YY-849x565

Dicas para ter mais segurança na hora de apresentações

Vai chegar algum momento da sua vida em que você vai ter que falar em público. Para muitos, isso pode ser bem intimidador, as mãos começam a suar e tremer, a voz falha e dá aquele famoso branco.

Ter uma boa oratória facilita na comunicação e pode ser um diferencial para sua carreira. Qualquer pessoa pode desenvolver as habilidades para falar bem em público, basta ter a ajuda de técnicas para organizar as ideias, saber como utilizar a voz e a linguagem corporal.

Uma pesquisa realizada pelo Núcleo Brasileiro de Estágios apontou quais são os principais obstáculos dos jovens durante apresentações. Confira aqui algumas dicas da revista Exame para se livrar ou aprender com esses medos. 

1208425_45520599

Setor de TIC deve abrir mais de duas mil vagas de trabalho em SC

Um mercado que não pára de crescer, mas ao mesmo tempo sente a falta de mão de obra qualificada

Santa Catarina está entre os cinco estados brasileiros que mais investiu em tecnologia no ano passado e o setor cresce a passos largos. Diante disso, as empresas estão contratando muitos profissionais, porém, a qualificação da mão de obra é um desafio para o desenvolvimento do setor no Estado.

Dados de um mapeamento realizado pelo Programa Geração TEC indicam que Santa Catarina vai precisar de cerca de 2,4 mil profissionais só este ano. A pesquisa foi feita em 12 cidades durante dois meses.

Só na Grande Florianópolis há uma demanda inicial de 696 vagas, sendo 199 para contratação imediata e 497 para os próximos 12 meses. De acordo com a Associação Catarinense Empresas Tecnologia (ACATE), até 2015 mais de 11 mil vagas de emprego no setor poderão ser abertas em todo Estado. Mas esses profissionais precisam estar preparados para conseguir ingressar no mercado de trabalho.

O Geração TEC, do Governo do Estado, foi criado para capacitação de jovens e adultos no setor de tecnologia, e pode ajudar os empresários do setor a descobrir novos talentos na área.

Lançado em 2011 o programa já formou mais de 2 mil pessoas em 12 cidades. Este ano, o Governo do Estado garantiu 3,5 milhões em recursos para a continuação do Geração TEC, que até 2014 pretende formar 5 mil pessoas.

As inscrições para o processo seletivo no Programa Geração TEC já estão abertas para seis cidades do estado até o dia 11 de junho. Podem participar jovens e adultos a partir de 17 anos. Mais informações através do site www.geracaotec.sc.gov.br.

 

Band – 22/05/2013

Link de origem 

692149_96793483

Empresas nacionais planejam aumentar investimento em TI

Pesquisa aponta que o setor da tecnologia da informação continuará crescendo nos próximos anos. Além de aumentar os gastos com TI, as empresas de tecnologia desejam contratar novos funcionários para o setor ainda em 2013.

Realizado com 1256 empresas e executivos de TI em todo o mundo, o estudo apontou que 97% das empresas nacionais planejam aumentar os gastos com TI em 2013, sendo que 49% dos entrevistados desejam contratar novos funcionários.

A pesquisa foi divulgada pela CompTIA, associação global para profissionais de TI. Segundo a entidade, mais de 80% das companhias brasileiras pesquisadas afirmam que a tecnologia é um fator muito importante para o sucesso nos negócios.

O site da revista abril traz mais detalhes sobre o assunto.

Existem lacunas em habilidades específicas na área de TI e os profissionais qualificados nessas áreas serão destacados. O Programa Geração TEC capacita jovens e adultos para o setor de TIC, se você tem interesse em ingressar no setor, pode se inscrever pelo site até 11 de junho, às 16h.

 

2013_05_27_gtecsite

Como se sair bem na hora da entrevista de emprego

A entrevista é uma etapa muito importante para quem procura um novo emprego. É normal que a ansiedade tome conta já que são minutos decisivos para impressionar o recrutador.

O portal da revista Exame preparou sete dicas fundamentais para sentir mais segurança e ter melhor desempenho na entrevista de emprego. Entre elas estão o organização do currículo, pesquisa sobre o ambiente de trabalho, estruturação da conversa, objetividade e treinamento.

Confira aqui a lista completa.

 

Você se interessa pela mercado de TIC e quer melhorar seu currículo? Então inscreva-se no Geração TEC.

Informações e inscrições aqui.  

1131288_12247313 (1)

Salário em TI sobe 88% nos últimos 12 meses

Levantamento realizado pela Page Personnel, empresa global de recrutamento especializado em profissionais de suporte à gestão e primeira gerência, mostra que a concorrência por profissionais qualificados está inflacionando a folha de pagamento das empresas. De acordo com o Estudo de Remuneração 2012/2013, as empresas estão gastando mais para contratar ou reter talentos.

O setor de TI é o que apresenta o cargo com maior aumento percentual na remuneração. O salário de um administrador de banco de dados júnior, em São Paulo, saltou de R$ 2,5 mil no ano passado para R$ 4,7 mil neste ano, o que representa aumento de 88%. Os ganhos de um desenvolvedor/ programador também passaram de R$ 6,7 mil em 2011 para R$ 7,5 mil em 2012.

“Os profissionais de TI estão investindo mais tempo e dinheiro em qualificações técnicas, acadêmicas e cursos de idiomas e certificações, pois sabem que a demanda de oportunidades que buscam aumentou significativamente”,  explica Gil Van Delft, diretor geral da Page Personnel.

 

Leia matéria completa no portal do G1. 

PHOT0006.JPG

A vez da TI no Brasil

Condições favoráveis no Brasil faz com que a TI apresente taxas de crescimento acima da média global em 2012, podendo chegar entre 10% e 13%. Os números também vão além da taxa de incremento estimada no país para o PIB (3%) e para o PIB industrial ( 2,3%).

O gerente de Pesquisas da IDC Brasil dá seu depoimento sobre o efeito da crise mundial e a desaceleração da economia nos Estados Unidos para o mercado de tecnologia da informação:  “Nossa TI é quase que totalmente dependente do mercado interno, que está bastante aquecido”.

O instituto de pesquisa Gartner prevê que até 2015 o Brasil será responsável por 40% dos negócios investidos em TI pelas companhias da América Latina.  A maior parte dos orçamentos em 2012 vão para soluções de cloud computing, mobilidade, redes sociais e gerenciamento de Big Data.

Veja mais previsões para o mercado da TI na matéria da Computer World.

 

 

546228_39198165

Onde estão as mulheres na TI?

Mesmo em ritmo de expansão, o mercado de TI apresenta uma parcela tímida de mulheres ocupando cargos na área. Segundo dados da Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), elas representam apenas 16,14% entre os profissionais.

Entretanto, as empresas de TI estão reconhecendo que a mulher pode representam uma peça chave nos seus negócios, com atributos que geralmente lhes é peculiar, passando a utilizar de forma eficiente a inteligência emocional frente às adversidades do mundo corporativo.

Continue sua leitura no artigo “Mulheres na TI: um bem escasso e precioso” de Daniel Huallem, retirado do site Baguete.